,

Stylumia traz ao Brasil ferramenta que promete revolucionar o mercado de moda

631f4300-446e-46b6-a757-68b266a1725e

 

O CEO da PM Varejo, Igor Paparoto, associado da Abiesv, apresenta boas novas para o varejista que trabalha com moda. O executivo é parceiro em Portugal da marca Stylumia e a está trazendo ao Brasil. O que a Stylumia faz é ajudar as marcas de moda e varejistas, por meio de ferramentas simples e intuitivas, que fornecem visões voltadas ao consumidor. A intenção é ajudar a melhorar as vendas, a lucratividade, a reduzir o estoque, otimizar os negócios e minimizar as incertezas e certas adversidades difíceis de prever.

A empresa é voltada para mundo fashion e de life style e possibilita, por meio da tecnologia, varrer na internet vários e-commerce, centenas de marcas, produto a produto, faz um acompanhamento diário do mercado e utiliza 11 indicadores. Além disso, monitora mídias sociais, sites especializados, vídeo clipes de modo a ter uma gama de informações muito grande, que propicia colocar em categoria, varejista e marca, em qualquer lugar do mundo, os produtos que são tendência e quais apresentam um bom desempenho atualmente.

“Não existe no mercado de moda uma ferramenta como a nossa, com essa inteligência, quantidade de informações. Isso é pioneiro. A Stylumia está trazendo essa revolução também para o mercado fashion mundial”, destaca Paparoto, executivo que representa a marca no Brasil.

De acordo com Paparoto, trata-se de uma lente global com insights de varejo em tempo real, inteligência de negócios de moda, permitindo que as marcas tomem melhores decisões de compra, mais margens de lucro e aumentem o fluxo de receita. “Acabamos de lançar recentemente um produto, o Stylumia Iris, que simula o movimento do globo ocular, aliado a conhecimento de Neurociência e a Inteligência Artificial, que consegue gerar mapas de calor de exposição de produtos na loja, que simulam o que efetivamente chama a atenção do consumidor”, explica.

A Stylumia ( www.stylumia.com) está presente em Bangalore (Índia), Dubai (Emirados Árabes), Londres (Inglaterra), Milão (Itália), Nova York (EUA), Lisboa (Portugal) e, agora, em São Paulo, primeira cidade brasileira a receber a ferramenta.

 

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *